Últimas Novidades

A MAGIA DOS NÚMEROS EM TELEVENDAS

Olha que artigo bacana encontrei nas minhas andanças, vale a pena ler!

"Como as notícias estão sinalizando para um céu azul nos negócios, nada melhor para aproveitar e discutir métricas e padrões de desempenho, sem aquela costumeira pressão dos chefes, pois como todos estão alcançando suas metas é bom pensar na eficácia nas vendas.

Será que você não está sendo apenas eficiente, e seus resultados são fruto deste momento? É isto que vamos discutir neste artigo.

Vamos dividir um contato de televendas em três estágios:

1. O primeiro estágio refere-se à quantidade de ligações que cada tele vendedor faz, por hora/por dia. Que fique claro: ligação telefônica aqui é entendida como o ato de digitar os números e aguardar o atendimento do outro lado da linha.

O que pode acontecer?

a- O número chamado não atende ou está ocupado. Isto ocorre em praticamente 40% das vezes.

b- O número chamado foi trocado e chamamos isto de erro de cadastro. Acontece em quase 5% dos casos.

c- A ligação é atendida. Termina aqui o primeiro estágio. Só restam 55% de ligações com possibilidade de sucesso.

2. Começa o segundo estágio: você solicita contato com a pessoa desejada e ela pode estar: viajando; numa reunião; ocupada com outra atividade; etc. Resumindo, os 55% de chance com que você tinha começado este estágio já são reduzidos para 10 ou 20% de possibilidade de sucesso em falar com a pessoa desejada. O restante você terá que “voltar a ligar”.

3. Então seu terceiro estágio só te reserva 20% do total das ligações efetuadas ( hipótese mais otimista) lá no item 1 acima. Lembre-se: isto não é venda feita. São as chances de você vender.Pensando juntos: se você tentar 100 ligações é muito provável que você consiga falar com 20 clientes. E destes, perto de 5 vendas.
4. Algumas constatações:

a. Quem faz mais ligações vende mais? Nem sempre!

Um bom número é falar com 5 a 8 clientes por hora (contatos efetivos), para que daí surja uma venda. Isto significa que serão necessárias de 30 a 40 ligações por hora. Supondo que o normal (fora do setor de callcenter) seja trabalhar 8 horas/dia, e considerando fadiga, descansos, etc., fazendo 200 ligações dia, estima-se que sejam feitas de 6 a 8 vendas/dia. Com isto pode-se medir a taxa de conversão de contatos efetivos em vendas (8/40x100= 20%).

b – Como transformar eficiência em eficácia?

Resista à tentação de fazer mais ligações. Pense no número de ocorrências do tipo “voltar a ligar”. Será que o tele vendedor não é do tipo apressadinho e logo passa para outra? Será que diante de um obstáculo ( do tipo não pode te atender agora) ele desiste fácil? Pior ainda, será que é daqueles que se satisfaz com um “mande um folheto” e pensa que isto é quase-venda? E mais, será que ele manda orçamento pra caramba ( aqueles sem compromisso, entende?)e não fecha nada? Melhore isto e ganhe eficácia!

Pense também na taxa de conversão. Seu tele vendedor é daqueles que acha que não convém forçar e deixa para depois? Diante de um “não” ele sugere ligar outra hora? Ele aceita a justificativa “eu te ligo, dando retorno” e fica esperando a ligação do cliente? Ele oferece outros produtos, ou é daqueles que acha que já está bom assim? Seu tele vendedor precisa ser reciclado em como superar objeções, pois assim fechará mais vendas, com o mesmo número de contatos efetivos. Isto é eficácia.

Agindo nestes dois estágios do contato em televendas você vai se preparar para quando o céu estiver nublado, ameaçando tempestades. Fuja do conforto da eficiência e acostume-se com a eficácia."


José Teófilo Neto
Consultor, Empresário, Educador Corporativo

Nenhum comentário

Deixe aqui sua opinião!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...